Maio vermelho: mês de conscientização da Hepatite

Neste mês de maio, comemora-se o Maio Vermelho. Uma data dedicada a conscientização das pessoas sobe a importância de prevenir a Hepatite, uma inflamação do fígado, que geralmente é causada por vírus ou uso de medicamentos. Os sintomas da hepatite podem surgir poucos dias após o contato com o vírus e se manifestam através da cor amarelada na pele e na parte branca dos olhos e o seu tratamento depende do que originou a doença.

Existem vários tipos de hepatites. As mais frequentes em nosso meio são as hepatites A, B e C. As hepatites A e B podem, em alguns casos (cerca de 30% do total de casos) se apresentar como hepatite aguda, com urina escura, olhos amarelos, náuseas e mal estar. O que raramente ocorre com a hepatite C. A hepatite mais comum de ser contraída no verão é a Hepatite A. Quando não tratadas, as hepatites podem causar cirrose, câncer, ou necessidade de transplante de fígado e, em alguns casos, levam à morte do paciente.

Transmissão da hepatite

A transmissão da hepatite pode ocorrer pelo contato oral-fecal ou pelo contato com o sangue contaminado. Algumas formas de contaminação com a hepatite são:
– Partilhar seringas;
– Relação sem camisinha;
– Consumir alimentos ou água contaminados;
– Contato com urina ou fezes do indivíduo contaminado.

Prevenção da hepatite

Em relação à prevenção da hepatite é recomendado tomar as vacinas contra hepatite A e hepatite B, usar camisinha em todas as relações sexuais, não partilhar seringas e adotar medidas de higiene como sempre lavar as mãos depois de ir ao banheiro e antes de comer. Além disso é importante ser cauteloso ao realizar piercings ou tatuagens exigindo materiais novos ou devidamente esterilizados

Leave a Reply